Aceleração
ACELERE[SE] Sua startup tem potencial para ser o primeiro unicórnio baiano?

28 de julho de 2018
TEMPO DE LEITURA
9 MIN

Programa do Fórum Agenda Bahia 2018 vai ajudar empreendedores do estado a conquistar o primeiro bilhão de dólares

Ter uma ideia de um bilhão de dólares. Esta é a meta proposta pelo Fórum Agenda Bahia 2018 aos empreendedores baianos.

Para chegar ao objetivo, o projeto vai dar uma mãozinha e oferecer, entre os meses de agosto e novembro, o Acelere[se], um desafio de inovação que vai selecionar oito startups para participar de um programa de aceleração gratuito com duração de 12 semanas. Nesse tempo, o grupo receberá capacitações para ajudar no desenvolvimento do negócio e mentorias especializadas. Ao final, ainda terá a oportunidade de ter contato com possíveis investidores.

A iniciativa é do jornal Correio em parceria com a Rede+, um hub de serviços para desenvolvimento empreendedor, aceleração de negócios e compartilhamento de espaços de trabalho. Para participar, as startups devem propor soluções nas categorias educação; energia e sustentabilidade; cidades inteligentes e economia criativa.

Na área de educação, serão selecionadas soluções voltadas para otimização de processos, recursos, acesso e democratização da educação em qualquer âmbito. Os projetos podem ser a nível local, nacional ou global, focados no desenvolvimento de inovações no segmento ou na experiência educacional.

Na área de cidades inteligentes, o desafio busca startups com processos e serviços inovadores que agreguem valor ao funcionamento das cidades e atendam às necessidades da população de maneira sustentável e em diferentes esferas. Os projetos devem ser voltados para melhoria de aspectos da vida cotidiana do cidadão, poder público e coletivos, a exemplo de mobilidade, governança, segurança, serviços públicos, entre outros.

No segmento de economia criativa, serão escolhidos empreendimentos criativos com produtos e serviços desenvolvidos a partir de capital intelectual e criatividade, que gerem valor econômico. Já no de energia e sustentabilidade, o foco é em startups com soluções para ampliação da sustentabilidade, considerando o equilíbrio entre meio ambiente e sociedade pensando nas gerações futuras. Os projetos podem abranger também soluções com fontes renováveis de energia como energia eólica, solar, geotérmica, energia das ondas e dos mares.

As inscrições vão até o dia 30 de julho e devem ser feitas pelo site

Em busca do primeiro unicórnio baiano: Acelere[se] oferece mentorias e capacitação gratuitas para startups
Programa do Fórum Agenda Bahia 2018 vai ajudar empreendedores do estado a conquistar o primeiro bilhão de dólares

Ter uma ideia de um bilhão de dólares. Esta é a meta proposta pelo Fórum Agenda Bahia 2018 aos empreendedores baianos.

Para chegar ao objetivo, o projeto vai dar uma mãozinha e oferecer, entre os meses de agosto e novembro, o Acelere[se], um desafio de inovação que vai selecionar oito startups para participar de um programa de aceleração gratuito com duração de 12 semanas. Nesse tempo, o grupo receberá capacitações para ajudar no desenvolvimento do negócio e mentorias especializadas. Ao final, ainda terá a oportunidade de ter contato com possíveis investidores.

A iniciativa é do jornal Correio em parceria com a Rede+, um hub de serviços para desenvolvimento empreendedor, aceleração de negócios e compartilhamento de espaços de trabalho. Para participar, as startups devem propor soluções nas categorias educação; energia e sustentabilidade; cidades inteligentes e economia criativa.

Na área de educação, serão selecionadas soluções voltadas para otimização de processos, recursos, acesso e democratização da educação em qualquer âmbito. Os projetos podem ser a nível local, nacional ou global, focados no desenvolvimento de inovações no segmento ou na experiência educacional.

Na área de cidades inteligentes, o desafio busca startups com processos e serviços inovadores que agreguem valor ao funcionamento das cidades e atendam às necessidades da população de maneira sustentável e em diferentes esferas. Os projetos devem ser voltados para melhoria de aspectos da vida cotidiana do cidadão, poder público e coletivos, a exemplo de mobilidade, governança, segurança, serviços públicos, entre outros.

No segmento de economia criativa, serão escolhidos empreendimentos criativos com produtos e serviços desenvolvidos a partir de capital intelectual e criatividade, que gerem valor econômico. Já no de energia e sustentabilidade, o foco é em startups com soluções para ampliação da sustentabilidade, considerando o equilíbrio entre meio ambiente e sociedade pensando nas gerações futuras. Os projetos podem abranger também soluções com fontes renováveis de energia como energia eólica, solar, geotérmica, energia das ondas e dos mares.

As inscrições vão até o dia 30 de julho e devem ser feitas pelo site http://especiais.correio24horas.com.br/acelerese/, onde também pode ser consultado o regulamento do desafio de inovação na íntegra. As vagas são limitadas.

Acelere[se] – O programa começa no dia 3 de agosto, com um coquetel de lançamento na unidade da Rede+ na Avenida Tancredo Neves, e se estende até 7 de novembro. Durante o programa, as startups contarão com planejamento mensal, rodadas de conteúdo com 4 horas semanais (totalizando 48 horas de conteúdo ao longo de todo o programa), rodadas quinzenais de mentoria especializada por tema (totalizando 24 horas) e momento born to be a unicorn com quatro horas quinzenalmente de execução e mensuração de resultados.

A cada semana, as capacitações terão um tema definido, como marketing digital ou questões jurídicas, por exemplo. Os encontros acontecem nos espaços da Rede+, na Av. Tancredo Neves e Barra. Participam do programa dois representantes de cada startup selecionada, com exceção da primeira mentoria do programa, que acontece no dia 8 de agosto, durante o primeiro seminário do Agenda Bahia, Sustentabilidade do Agora, na FIEB, e será aberta a todos os membros das startups selecionadas.

Acelere[se] – O programa começa no dia 3 de agosto, com um coquetel de lançamento na unidade da Rede+ na Avenida Tancredo Neves, e se estende até 7 de novembro. Durante o programa, as startups contarão com planejamento mensal, rodadas de conteúdo com 4 horas semanais (totalizando 48 horas de conteúdo ao longo de todo o programa), rodadas quinzenais de mentoria especializada por tema (totalizando 24 horas) e momento born to be a unicorn com quatro horas quinzenalmente de execução e mensuração de resultados.

A cada semana, as capacitações terão um tema definido, como marketing digital ou questões jurídicas, por exemplo. Os encontros acontecem nos espaços da Rede+, na Av. Tancredo Neves e Barra. Participam do programa dois representantes de cada startup selecionada, com exceção da primeira mentoria do programa, que acontece no dia 8 de agosto, durante o primeiro seminário do Agenda Bahia, Sustentabilidade do Agora, na FIEB, e será aberta a todos os membros das startups selecionadas.

Se interessou? Então faça agora sua inscrição. É só até o dia 30 de julho!

http://especiais.correio24horas.com.br/acelerese/